domingo, 16 de outubro de 2005

HISTÓRICO

O Maracatu Leão Nazareno, criado em 2002, com sede própria no município de Nazaré da Mata, na Zona da Mata de Pernambuco, é uma entidade sem fins lucrativos, qualificada como associação, com a finalidade de praticar e preservar a cultura e no caso da região – o maracatu rural. Nazaré da Mata é um celeiro desta representação da cultura do povo, tendo atualmente 17 maracatus em atividade. Sua origem encontra-se nas senzalas dos engenhos de cana-de-açúcar de Pernambuco. Enquanto as festas aconteciam na casa-grande, os escravos também procuravam se divertir. E, com o passar do tempo, a brincadeira foi se popularizando em toda a Zona da Mata pernambucana. Embora Nazaré da Mata realize um dos maiores encontros de maracatu rural , o que lhe dá o nome de “Terra do Maracatu”, a sobrevivência dos grupos é difícil porque agrega populações pobres, geralmente, trabalhadores rurais que enfrentam o desemprego nas épocas de entre safas . Esta condição social caracteriza-se um risco de desaparecimento dessa manifestação popular.
A iniciativa de criar o Leão Nazareno foi mais uma forma de resistência a permanência e preservação desta prática. A Associação desenvolve um trabalho durante todo o ano envolvendo seus integrantes em cursos , oficinas de criação, artesanato e na confecção de golas, na busca de um meio sustentável do maracatu rural e de inclusão de seus praticantes. Atualmente, nossa atenção está voltada para a elaboração de nossos próprios projetos culturais que possam difundir e multiplicar seus ensinamentos. Oficinas direcionadas ao jovem , utilizando-se de outras linguagens como a música, as artes plásticas agregadas às artes tradicionais do maracatu. Outra questão importante é a busca da informação e da capacitação, que até então, os artistas e produtores culturais das áreas afastadas dos grandes centros (capital), sempre tiveram dificuldade, ficando a margem das oportunidades oferecidas. A finalidade deste relatório é se fazer conhecido junto ao Ministério da Cultura e, cadastrado, poder participar das políticas públicas que visem o desenvolvimento local.

5 Comments:

At 22:39, Blogger Roberto Iza Valdes said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

 
At 22:25, Blogger Jean Scharlau said...

Concordo com você, mestre. E dê-lhe maracatu - leão, onça, mula, pavão - a fauna toda no salão, no galpão, no terreiro, na rua, batendo o pé no chão.

 
At 22:40, Anonymous Alguém, que já foi outro. said...

Que coisa linda cara, aqui em sampa não temos nada disso.

 
At 20:42, Blogger Joel S said...

Não pode ser "mais" manipulado do que já é.
Abraço.

 
At 18:08, Blogger Iza Roberto said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 

Postar um comentário

<< Home